Capa

Cirurgia plástica no verão - Fazer ou não fazer?!

Dr Fernando Almeida Prado, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Regional São Paulo, esclarece dúvidas e mitos sobre cirurgia plástica no verão

03.10.2019  |  186 visualizações

O ano está voando!
E logo chega a estação que é a cara do Brasil, o Verão! Muito calor, roupas leves, praia, piscina e férias. E como o corpo fica mais à mostra, muitas vezes podem surgir algumas inseguranças com aquelas gordurinhas e pneuzinhos (que não nos pertencem!). E aí vem a dúvida: é hora de fazer uma mudança e agendar uma cirurgia plástica, mesmo no verão?! Abaixo, confira alguns esclarecimentos sobre o tema:

Tempo e cuidados com o pós-operatório: sim, é importante levar em consideração o tempo que você terá para se recuperar, afinal, será necessário afastar-se por um período do trabalho e algumas atividades, considerando a recomendação médica. A ansiedade ou necessidade de voltar ao trabalho pode fazer com que os cuidados exigidos não sejam observados, o que pode comprometer o resultado final. Sendo assim, uma das principais vantagens em realizar uma cirurgia plástica neste período do ano é a possibilidade, que muitas pessoas possuem, em sair de férias. Assim, sem se preocupar no retorno rápido ao trabalho, é possível manter as orientações do médico e garantir um resultado altamente satisfatório. Ou seja, não, as temperaturas elevadas não são empecilho para a sua tão sonhada cirurgia plástica!

“Um corpo saudável irá se recuperar de uma cirurgia independente da estação do ano”, comenta o Dr Fernando Almeida Prado. O médico afirma que o frio pode, sim, amenizar inchaços e edemas, e que a malha compressiva poderá incomodar menos no inverno. Porém, não são fatores decisivos para o sucesso da cirurgia. Afinal, os inchaços são controlados com sessões de drenagem linfática (fundamentais no pós-operatório em qualquer época do ano), e uma vez que a paciente está em repouso, basta manter-se em ambiente fresco e arejado para reduzir o desconforto com o uso da cinta - malha compressiva (que evitam fibroses e reduzem o inchaço).

 Cuidados no verão: após decidir pela sua cirurgia no verão, alguns cuidados devem ser observados.
- evitar a exposição ao sol, pois os raios solares podem causar manchas e prejudicar a cicatrização.
- independente da temperatura, você não pode abrir mão do uso da cinta (malha) compressora; o uso correto das cintas está diretamente relacionado ao sucesso do resultado da operação realizada.
- manter repouso conforme a orientação do médico; da mesma forma, o paciente deverá evitar qualquer tipo de esforço.
- academia: se você costuma se exercitar na academia terá que aguardar o período indicado pelo seu médico. A prática de exercícios, independente da estação do ano, possui restrições, variando o período para cada tipo de cirurgia realizada.

Cirurgias plásticas mais procuradas no verão: Lipoaspiração, Mamoplastia de aumento, Redução da mama, Mastopexia (elevação das mamas, eliminação da flacidez da pele e correção do posicionamento das auréolas), Abdominoplastia, Otoplastia (correção das orelhas).

 

Porta-voz l Fonte: Dr Fernando Almeida Prado.
Membro Titular da S.B.C.P (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica)
Membro da ISAPS (Internacional Society of Aesthetic Plastic Surgery)
Presidente da SBCP Regional São Paulo (2014/15)
Departamento Científico da SBCP Nacional (2016/17/18/19)
Staff do Serviço de Cirurgia Plástica Osvaldo Saldanha

***

CONTATO - IMPRENSA l COMBO Comunicação:

Bia Pansani - biapansani@combocomunicacao.com.br - (11) 99478-2158
Adriana Perobelli - adriana@combocomunicacao.com.br - (11) 99244-7101
Bia Cabañas - biacabanas@combocomunicacao.com.br - (11) 99462-9240

  • 1
    (Divulgação)

  • 2
    (Divulgação)

Leia também...

22.11.2019
Principal evento do ano para a área, o 56º Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica apresenta série

Grandes nomes nacionais e internacionais do universo da Cirurgia Plástica, como o brasileiro Fernando Almeida Prado, marcam presença em aulas, palestras, exposições de pesquisas e estudos de casos

Entre em contato